Tapetes turcos


Nesse post, algumas fotos ilustram a confecção de tapetes na Turquia. Oportunidade que pude observar de perto, durante uma viagem na Capadócia. O tapete turco é uma parte essencial da arte e cultura turca.

A tecelagam de tapetes turcos é evidentemente uma das manifestações mais características da cultura e arte turca. Nessa viagem, tivemos a oportunidade de conhecer o BAZAAR 54, uma tecelagem onde se pode ver as tecelãs trabalharem ao vivo e conhecer um pouco mais sobre a história dos tapetes turcos.

tapete turco era um bem necessário para proteger-se do inverno rigoroso. Posteriormente, converteu-se em um meio de expressão artística pela liberdade que possibilita principalmente a escolha de cores vivas e dos motivos empregados. Os segredos da tecelagem têm passado de geração em geração.

Os artesãos utilizavam os insetos, as plantas, as raízes, as cascas e outros ingredientes como fonte de inspiração para criação dos tapetes turcos.

Os tapetes turcos estão em todo o lado: nas paredes, a forrar cadeiras e mesas, no chão das lojas, das casas, das mesquitas…

Quando o muezim  (mouro que cinco vezes ao dia chama os crentes à oração) apela à oração, são muitos os que desenrolam o seu tapete turco preparando-se para rezar.

Ir a uma loja de tapetes turcos é a oportunidade para ouvir as histórias que os turcos contam e que se confundem com a História da Turquia. Os tapetes turcos de diferentes cores, tons e padrões se organizavam em pilhas por todo lado. Nesse local, onde os tapetes estão armazenados para a venda, é proibido fotografar. Talvez seja por causa da concorrência.

A Turquia é famosa (juntamente com o Irã, o Afeganistão e o Paquistão) pela confecção artesanal dos mais bonitos tapetes do mundo. Existem quatro tipos de tapetes produzidos na Turquia ( e em países vizinhos) que são classificados de acordo com o tipo de material em que são produzidos. São eles: seda sobre seda, lã sobre algodão, lã sobre lã e viscose sobre algodão. Não se sabe ao certo quando a arte de fabricar tapetes turcos começou a ser desenvolvida pela humanidade, alguns cientistas acreditam que na era do paleolítico ( 7000 A. C). Assim como os outros povos de origem muçulmana, os tapetes turcos não possuem desenhos de animais ou de figuras humanas, ao contrário dos tapetes Indianos.

A diferença entre os tapetes Turcos e os famosos persas é apenas uma questão de técnica de tecelagem e a utilização dos motivos decorativos. Os tapetes Turcos são uma tradição dos povos nômades da Ásia e do Oriente Médio, onde as tribos se expressam através do significado dos desenhos neles contidos, tais como, seus anseios, desejos de felicidade, crenças e sonhos. O tecelão que confecciona o tapete deseja, através dos desenhos, a pessoa que o comprar, que o novo tapete traga felicidade no novo lar.

Abaixo, local onde separa o fio da seda do casulo:

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *